O Porquinho-da-índia

 

Apesar do seu nome, a origem desta espécie está na América do Sul, onde um parente selvagem do nosso porquinho doméstico, pode ser ainda hoje encontrado, nas regiões do Noroeste e Sudeste deste continente, tendo sido domesticados pelos Incas, muito antes dos primeiros europeus terem por lá aportado. Reconhecidos como animais sagrados, eram usados em cerimoniais.

Como animal de estimação, o Porquinho da Índia tem vindo a ser promovido, nos últimos anos, a um patamar muito interessante. Introduzido na Europa pelos Espanhois no século XVI, os porquinhos rapidamente se popularizaram e começaram a ser criados em vários países europeus no século XVIII, tendo grande popularidade no Norte da Europa..

Nos primórdios do século XIX foram organizadas as primeiras Exposições de raça em Inglaterra, julgadas por um Estalão de Raças. Foi neste século que apareceram os primeiros Abissínios, segunda raça a ser desenvolvida e reconhecida após os porquinhos de Pêlo Curto. Com a chegada do século XX, foram começando a surgir as primeiras "breeds" relativas a cores, como os Chocolate Self nos anos 30 e foi nesta altura que se standardizou o Peruano, terceira raça reconhecida, desenvolvida a partir de porquinhos Angorás. A partir dos Peruanos foram seleccionados Porquinhos sem rosetas e criaram-se os primeiros Shelties, tendo surgido os primeiros Coroados Americanos nos Anos 70 nos Estados Unidos. Com a exportação destes para Inglaterra, os ingleses criaram o Coroado Inglês a partir do Americano, surgindo pouco a pouco as outras raças, como os Rex e Teddies, e muito mais recentemente os Lunkarya.

Hoje em dia existem muitos criadores e fãs de porquinhos por todo o mundo.

Em Portugal, ainda há poucos anos, os Porquinhos da Índia eram considerados apenas como petisco culinário em algumas regiões do país, mas o interesse por eles como animal de companhia está a crescer rápidamente, existindo já alguns criadores portugueses que fazem criação das mais diferentes raças e que têm interesse em mostrá-las.

O carácter carinhoso e o seu ar de mascote, levou a que fosse cada vez mais acarinhado e faz dele um caso de
sucesso como animal de companhia.

Manter um Porquinho da Índia é relativamente fácil, não precisa de uma gaiola muito grande (no mínimo 60x80cm,
mas quanto maior, melhor!), não é ruidoso e não tem cheiro intenso.

Os Porquinhos são animais sociais que nunca devem estar sozinhos. O melhor é ter um par do mesmo sexo junto,
dado que os porquinhos, como todos os roedores, têm grandes ninhadas num curto espaço de tempo.

Devem ainda ter a possibilidade de fazer exercício diário fora das gaiolas, de maneira a manterem a forma. As gaiolas devem ser limpas com muita frequência de modo a evitar cheiros. A cama deve ser feita com aparas de madeira ou outro material próprio que se pode encontrar nas lojas de animais.

Deve estar sempre disponivel água em bebedouro próprio, com esfera rotativa e a alimentação deve ser feita à base de feno e de ração própria para Porquinhos da Índia enriquecida com Vitamina C. Diariamente devem ser oferecidos frutas e vegetais frescos. Aqui fica a Pirâmide Alimentar dos Porquinhos-da-índia :


(por Anabela Silva)

FOTOS DE PORQUINHOS

Coloque as fotos dos seus Porquinhos-da-índia no nosso Facebook

e torne-os famosos. << Fotos Aqui >>

 


Os Porquinhos da Índia mais comuns são tricolores de pêlo curto, mas existe uma grande variedade de raças e cores.

<< As Raças dos Porquinhos-da-índia (clique aqui para ver)>>

Clique Aqui e veja exemplos das mais belas Cores dos Porquinhos-da-índia de Pêlo Curto e Pêlo Comprido.

 

Dados sobre os Porquinhos-da-índia


Tamanho : Em adulto, o seu tamanho pode atingir os 25 cm e o seu peso médio entre 750 e 1kg. Alguns exemplares podem atingir mais de 1Kg e 300g.

Longevidade : 5 a 6 anos em média, podendo chegar aos 8 anos.

Cio nas fêmeas : Entre cada 14 a 18 dias.

Idade aconselhável para Reprodução : Nas fêmeas entre os 5 e os 8 meses. Fêmeas mais novas que esta idade não devem acasalar. Fêmeas com 1 ano ou mais, que nunca engravidaram não devem acasalar, devido à ossificação da bacia que faz com que tenham uma gravidez de risco. Se estiverem com o macho durante a gravidez, devem ser separados antes do parto, pois após este entram em cio e o risco de ficarem grávidas é muito grande. As gravidezes consecutivas devem ser evitadas dado o esforço que representam para uma fêmea. As porquinhas devem ter um periodo de descanso após terem uma ninhada, sendo recomendado no mínimo 6 meses até ao próximo nascimento. Ao longo da sua vida não deveriam ter mais de 4 ninhadas no total, de forma a preservar a sua saúde e qualidade de vida.

Periodo de Gestação : Entre 64 e 68 dias em média. Normalmente podem ter de 1 a 6 bébés, sendo 3 o mais comum. Os bébés devem estar com a mãe até atingirem 250 g aproximadamente, recomendado-se as 4 semanas como idade do desmame. Após este tempo, os machos devem ser separados da progenitora de forma a evitar o risco de gravidez, pois ficam sexualmente activos por essa altura.

 

As 5 Regras básicas para ser um bom Dono

1 - Os porquinhos têm carência de Vitamina C, dê regularmente fruta e vegetais frescos, acompanhados de ração própria.

2 - Os porquinhos necessitam de ter sempre Feno disponivel, de forma a evitar problemas dentários.

3 - Os porquinhos são animais sociais, é sempre aconselhável ter 2 do mesmo sexo, para evitar grande procriação.

4 - Os porquinhos precisam de uma gaiola com espaço, no mínimo de 60x80cm, maior sempre que possível.

5 - Em caso de doença, consulte sempre um veterinário especialista em Exóticos.

Estes pequenos conselhos não dispensam a consulta das páginas dos associados nos Links e dos Criadores, de forma a se obter uma informação mais detalhada e precisa, nomedamente nas áreas de Alimentação e Alojamento.

Quer Saber Mais Sobre os Cuidados a Ter com os Porquinhos-da-índia ?

Visita o site em Baixo e faz o Download do Guia de informações e Cuidados Básicos.

<< Visita o Sitio dos Porquinhos-da-índia >>

 

 

 
 

FOTOS DE PORQUINHOS

Coloque as fotos dos seus Porquinhos-da-índia no nosso Facebook

e torne-os famosos. << Fotos Aqui >>